Um dia destes

Um dia destes

Um dia destes …

Um dia destes tenho de te contar sobre os meus sonhos.

Contar-te sobre aquilo que vejo quando fecho os olhos e te imagino.

Aquilo que desejo quando adormeço de noite e de que tenho saudades quando acordo de manhã.

Um dia destes conto-te tudo e dou-te todos os pormenores sobre os meus anseios, sobre os meus mais profundos quereres.

 

 

Um destes dias, muito em breve, falo-te daquilo que achas que ainda não sabes sobre mim mas que adivinhas a cada dia, a cada momento que existes.

Acho que tens de saber, que já sabes tudo.

Que já me conheces sem me conhecer.

Que já me antecipas antes que eu própria tenha a oportunidade de o dizer.

Que em cada pensamento meu, desejo meu, sonho meu, tu já lá estás, por ti próprio, sem que tenha de te dizer nada, pedir nada, tu já és, já existes.

Acho que tens de saber que, antes de mim já conheces os meus sonhos, como se tivesses lá estado comigo.

Tens de saber que assim que a imagem de um futuro querido surge dentro de mim, aí estás tu a mostrar-me que, muito antes desse meu sonho, já estavas a caminho.

A caminho de casa, a caminho de mim, a caminho daquilo que podemos ser juntos.

Por isso, acho que um dia destes tenho de te contar sobre os meus sonhos e contar-te a verdade.

A verdade de que é nesse curto intervalo, entre desejar algo e sentir-lo de facto, que percebo que não tenho tempo de dizer a frase “era tão bom se…”

Era tão bom se … É.

Jo ♥

Art by: Andrew Gonzalez

 

(Texto escrito no meu perfil de facebook num daqueles momentos de inspiração que me apetece partilhar com o mundo  )

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *