Ontem tive um dia diferente …

Ontem tive um dia diferente …

 

Passei 2h30 na loja do cidadão e não consegui tratar do assunto que ali me trouxe porque tive de sair para dar uma sessão (thank God!).

Mas a parte diferente para mim não foi essa …

Dei por mim a observar a quantidade de pessoas furiosas que me rodeavam … Uns gritavam com a senhora do balcão, outros envenenavam o bem estar dos restantes com teorias de como o serviço deveria ser organizado para ser mais conveniente para “todos”, outros reclamavam que estavam à espera há muito tempo e … Para terminar quando saí e fui pagar o parque, tive a felicidade de ver um cavalheiro a bater no meu carro de propósito (sim ele estava mesmo consciente de que estava a bater no meu carro!!!! Não é incrível?) porque este estava mal estacionado e não o deixou fazer a manobra que precisava à primeira.

Depois vim para casa debaixo de chuva e no meio da agressividade da hora de ponta na qual parecemos competir por um primeiro lugar numa corrida louca que só existe nas nossas cabeças.

Dei por mim completamente surpresa com a quantidade de ódio com que algumas pessoas vivem nas suas vidas …

Deve ser tão difícil sentirmo-nos assim diariamente… Isto sem qualquer tipo de julgamento e apenas de um ponto de vista de curiosidade sociológica porque acredito que todas as emoções são importantes.

Enfim, cheguei a casa e senti-me muito grata por ter a vida que tenho e por ter tanta energia luminosa à minha volta que me permite ficar surpreendida com o que assisti ontem.

Triste e preocupante seria se ficasse anestesiada e considerasse aquilo a que assisti normal.

Tem um dia cheio de sorrisos 🙂

Jo ♥

 

(Texto escrito no meu perfil de facebook num daqueles momentos de inspiração que me apetece partilhar com o mundo 🙂 )

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *