Sem categoria

Para quê um dia dos namorados?

Sempre considerei os dias temáticos (dia dos namorados, dia do pai, dia da mãe, etc.) uma redundância.   Como muitos de nós, achava que o dia temático deveria ser todos os dias… tenho vindo obviamente a aprofundar essa perspetiva. Vou explicar-te porquê… Há uns anos atrás estive num curso para casais sobre sexualidade sagrada com a minha Mestre e amiga Amala Devi e pela primeira vez na vida ouvi alguém partilhar comigo a importância de ritualizar o amor. Literalmente criar rituais em torno da...

Read More

Paradoxos do amor

O Amor é tão complexo e ardiloso porque é formado por um conjunto intricado de enormes paradoxos.     Tens de te amar como és e, ao mesmo tempo, ser um ser humano melhor a cada dia. Tens de desejar coisas maravilhosas e, ao mesmo tempo, seres grato pelo que tens. Tens de deixar fluir e aceitar que cada coisa chega no momento certo e, ao mesmo tempo, ir à procura desse amor que desejas e criar o momento certo hoje e sempre. Existe uma medida perfeita de cada um dos seus componentes para cada pessoa e o...

Read More

Dia da mulher … Obrigado aos homens

Eu sei, hoje é sobre nós…     E, por ser sobre nós, é também sobre aqueles que nos ajudam a ser nós. Por isso quero agradecer-te a ti, homem que nos ajudas a ser mais iguais a nós mesmas, mais mulheres, mais amigas de nós mesmas, menos duras, menos exigentes. Quero homenagear-te a ti, homem que nos queres livres, soltas, leves, independentes e ao mesmo tempo, ao mesmo tempo nos sabes abraçar e apertar contra o teu peito seguro. É a ti que quero escrever hoje, ao pai, ao amigo, ao irmão e ao amante...

Read More

Como escolher aos 17 anos?

Hoje fui dar uma pequena palestra num evento de uma amiga pelo 5º aniversário do seu negócio.     Depois da minha intervenção falou uma jovem adolescente que aos 17 anos lançou o seu primeiro livro. Depois da sua apresentação emocionada, que aplaudimos com entusiasmo e admiração, a jovem autora dirigiu-se a mim com uma pergunta, o que me permitiu testemunhar ainda mais o seu caráter proativo. “Joana, adoro artes e adoro letras e agora que tenho de escolher uma licenciatura não sei o que fazer. Eu...

Read More

O erro dos contos de fadas

Passei muito tempo a tentar deixar de acreditar em contos de fadas.                     Nos primeiros anos da nossa vida são nos contadas histórias de encantar e depois a vida encarrega-se de nos ensinar que não existem tais coisas como posinhos de prelimpimpim, príncipes encantados ou fadas madrinhas. Assim foi comigo, contigo e com todas as pessoas da nossa vida. Desilusão após desilusão precisamos de nos treinar para perceber o mundo de uma forma inteiramente...

Read More

Tu sabes

Tu sabes

Tu sabes … Há umas semanas quando regressava do Porto, depois do lançamento do meu livro na cidade Invicta, parei numa bomba de gasolina e a pessoa que me acompanhava perguntou-me: “Se agora, neste momento, visses a Joana de há 5 anos atrás sentada no lugar do condutor do seu velhinho renault clio, mesmo aqui ao lado na bomba nº3 e tivesses a coragem de ir lá, bater no vidro e dizer-lhe apenas uma frase que a pudesse ajudar ou simplesmente pôr a pensar, o que é que lhe dirias?” A resposta não...

Read More