Bem estar de Propósito

Será que sou só eu que … preciso de um Propósito?

 

Bem-estar é designado pela psicologia como a parte subjetiva da saúde mental e é dividido em duas componentes: a componente cognitiva, que analisa os níveis de satisfação pessoal com a vida; e a componente afetiva, comummente designada como felicidade. Esta definição descreve a possibilidade de qualquer pessoa pensar ou saber que está bem, mas, no entanto, não se sentir necessariamente bem.

Conhece alguém que já tenha experimentado esta sensação? Talvez alguém que conheça pessoalmente? Talvez você próprio?

Eu sei que tive esta experiência na minha vida algumas vezes. A sensação incompreensível de que não estava bem, apesar de tudo na minha vida refletir o contrário. A emoção de não estar bem em lado nenhum, muito menos em mim mesma. Parece que estou a ver a sua cara de reconhecimento! Claro que já teve esta experiência.

Num artigo do Jornal da Psicologia Social e da Personalidade (Ryff & Keyes, 1995), os autores propõem uma hierarquia das diferentes disposições ligadas ao bem-estar. Entre estas disposições encontra-se a autoaceitação, a sensação de controlo, a procura de desenvolvimento pessoal, a autonomia, a experiência de relações sociais positivas e, finalmente, a sensação de viver uma vida cheia de significado.

 

Viver uma vida cheia de significado!

Já se deparou com alguém que apesar de ter sido premiado com uma vida cheia de dificuldades e tragédias pessoais insiste em viver a sua vida com a alegria contagiante de quem tem tudo o que de mais fabuloso existe no mundo. E a verdade é que sim. Essa pessoa tem exatamente aquilo que de mais incrível existe na vida … Um “Porquê”.

O “Porquê” é o verdadeiro propósito que está por detrás de qualquer objetivo concreto que definimos. O “Porquê” é a causa, o propósito, aquilo em que acredita, o motivo que o faz levantar de manhã e a razão pela qual isso deve ter importância para as outras pessoas. Tal só acontece porque as pessoas que realmente disfrutam de bem-estar sabem que aquilo que fazem serve apenas de prova daquilo em que acreditam.

Tanto para mim, como para as pessoas que tenho a felicidade de ajudar, descobrir o Propósito de Vida representou um caminho luminoso e cheio de realização e permitiu-nos saber a nossa missão, o nosso lugar no mundo e a razão pela qual estamos hoje aqui. As pessoas que já o descobriram têm em si uma certeza inabalável acerca daquilo que é suposto estarem a fazer na sua vida. Quando souber qual é a sua missão e começar a viver uma vida cheia de significado, o seu bem-estar interno será apenas uma representação da marca que está a deixar em si mesmo, nas outras pessoas e no mundo. O seu bem-estar deixará de ser totalmente dependente das condicionantes externas que o envolvem, mas totalmente dependente do legado que a sua preciosa vida está a deixar em cada pessoa que tem a felicidade de o conhecer.

Se está a ler este artigo já sei que é alguém interessado no seu bem-estar. Se se manteve até aqui, mesmo depois desta descrição de “Propósito de Vida”, para além da sua resistência, tenho a certeza que está numa de duas situações. Pode estar neste momento a viver o seu Propósito de Vida e, nesse caso, dou-lhe os meus parabéns e espero um dia ter a felicidade de conhecer mais um pouco sobre o seu legado; ou, por outro lado, pode estar realmente comprometido em conhecer a sua missão e aquilo que mais gostaria de fazer na vida. Se se encontra na segunda hipótese também o devo congratular pelo facto de ter percebido que todos temos a responsabilidade de fazer algo positivo com o tempo que nos é oferecido neste mundo. Nesse caso, gostaria de lhe desejar uma viagem inspiradora no caminho em direção ao seu Propósito e assegurá-lo de que tem em si todos os recursos necessários para deixar o mundo um lugar mais rico. Para começar este percurso, deixo-lhe a seguinte pergunta: Se eu estivesse presente no seu aniversário de 100 anos, no qual se encontrava em pleno Bem-estar, o que gostaria de me contar sobre a sua vida, sobre a sua marca, sobre as pessoas que ajudou, sobre as experiências que teve, sobre os ensinamentos que quer deixar e sobre o legado que se perpetuará graças a si, durante muitos, muitos anos?

Um feliz aniversário 😉

Até Breve!
A sua Coach,
Joana Areias

Artigo publicado em http://vidaboabyines.blogspot.pt/2013/08/bem-estar-de-proposito.html

Agradecimento especial a Inês Pereira

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *