Descubra o seu Propósito

 

Leia as primeiras páginas grátis


 

World Trip Day 149 - Ultimamente tenho recebido muitas pessoas ora por mensagem, ora pessoalmente a dizer que ficam muito aliviadas e gratas quando partilho publicamente a importância que dou às minhas emoções menos positivas. Quando escrevo ou menciono coisas como “estou com neura”, quando lhes conto aventuras e dificuldades que vivi, dentro de mim, para ultrapassar determinadas fases da minha vida, ficam contentes. Não ficam contentes porque me sinto mal aqui ou ali, nada disso, não são sádicos  mas ficam aliviados por perceber que afinal “a Joana também se sente assim como eu de vez em quando”. Acho mesmo que mostrar só...

World Trip Day 141 - Nos últimos 10 meses tenho sofrido grandes mudanças dentro de mim. Tenho colocado muitas coisas em causa e mudado de perspectiva em relação a diversas crenças antigas. Mas acho que a principal mudança tem sido o meu cepticismo. Desde há uns meses para cá que já não olho para a vida da mesma forma, cheia de fadinhas e unicórnios, cheia de positividade e de “tudo é possível”, mas com mais "realismo". Não aconteceu nada de mal comigo, também não estou negativa, nada disso, mas cá dentro há crenças a mudar. Vejo as frases motivacionais nas quais acreditava...

World Trip Day 140 - Eu sei que a mesma receita não serve para toda a gente. Mas se tivesse uma pistola apontada à cabeça e tivesse de adivinhar aquilo que tem o maior potencial de ajudar as pessoas nas mais variadas áreas das suas vidas, diria para passarem mais tempo sozinhas. Diariamente lido com pessoas e sinto a sua dor quando me dizem frases como: “Não sei o que quero” “Não consigo agir” “Não sei quem sou” “Sinto-me triste e desiludida comigo” “Apetece-me desaparecer” Claro que não sabes o que queres ...

World Trip Day 113 - Hoje celebra-se o dia internacional da mulher que foi criado, a partir de 1909, para simbolizar a luta pelos direitos das mulheres para melhores condições de vida, para o trabalho e para o voto. Ainda hoje muitas mulheres vivem grandes violações destes e de outros direitos. Mas (felizmente para mim) não conheço de perto essa realidade, esse flagelo. Nunca senti que nenhum dos meus diretos tivesse sido comprometido pelo facto de ser mulher e sei que devo isso ao esforço e dedicação de homens e mulheres que vieram antes de mim. Tenho muita sorte nesse...

World Trip Day 106 - Esta época defini o objetivo de não ter objetivos. Não tem sido nada fácil. E este último mês confirmei a premissa de que o teu ambiente influência muito a tua capacidade de foco nos teus objetivos. O meu eu produtivo e competitivo já faz de tudo para se conseguir agarrar a qualquer réstia de possibilidade de eu dar energia a um objetivo, seja ele qual for. É giro observar o meu cérebro a tentar tudo por tudo para encontrar uma saída, uma justificação pela qual não faz mal eu pensar num determinado objetivo.  Imagina o cérebro de...

Prestes a fazer anos decidi fazer a lista das 35 aprendizagens mais importantes que eu fiz nos meus 35 anos. Claro que apesar de muitas destas aprendizagem já estarem encaixadas na minha cabeça, outras ainda estão a caminho disso. De certeza que houve mais e algumas parecem contradizer-se mas acho o ser humano é assim mesmo. Aqui vai: 1. Eu não sou perfeita. Cara de surpreendida😮!!!! Lol! 🤣 Mesmo que estejas a fazer tudo certo. Mesmo que estejas a fazer bem a tudo e a todos. Mesmo assim. Não és perfeita. Sorry about that! 2. Nada te vai trazer felicidade porque não existe tal coisa....

World Trip Day 102 - São 4h50 da manhã em San Diego e acabei de acordar para começar uma manhã de sessões de Coaching online. Não coloco aqui uma fotografia deste momento porque ainda estou com cara de almofada 😃Confesso que nunca acordei tão cedo para trabalhar 😃, mas as mudanças de fuso horário fazem com que tenha acordado por mim, sem despertador, tal como tenho feito nos últimos anos da minha vida. É que no meu cérebro já devem ser 7h50 (o horário da costa Este dos EUA, de onde vim há 4 dias) e acho que aquilo de não conseguir dormir...

World Trip Day 94 - Ando para aqui a pensar que talvez a vida seja na verdade um conjunto de várias vidas umas a seguir às outras. Já perdi a conta ao número de vezes que disse a mim mesma “Agora sim! Já sei quem sou”, apenas para ver essa afirmação desmentida meia dúzia de anos depois. De início essa compreensão causou-me alguma frustração (e ainda causa). Estar outra vez perdida de mim sem saber quem é a Joana afinal não foi fácil (nem está a ser). Mas de repente pensar que, se calhar, essa Joana já não existe, que...

World Trip Day 76 - Está algo mesmo a mudar cá dentro. Durante a maior parte da minha vida achei que era extrovertida. Achei que o que gostava mesmo era de estar com as pessoas, conversar com elas, receber amor e dar muito amor de volta e que isso tudo é que me nutria, me enchia de energia. Depois conheci o desenvolvimento pessoal e percebi que afinal não era bem assim. Percebi que precisava de me introverter para recuperar a minha energia vital. E aos poucos fui aprendendo a estar sozinha e a recuperar-me estando só comigo e isso foi uma vitória...

World Trip Day 72 - Por vezes mesmo sabendo que estou no caminho certo, no caminho de dar o melhor de mim para que o outro à minha frente viva uma vida mais plena, mais completa, mais livre, mais coerente, esqueco-me ou questiono-me se valerá realmente a pena, se realmente tudo o que faço tem verdadeiro significado. Muitas vezes duvido de mim mesma, do que ando para aqui a fazer na vida. “Para quê?” Questiono-me. Eu sei que aos teus olhos pareço super confiante e os teus olhos não te enganam. Sou mesmo uma pessoa confiante. Gosto de mim e da...

Começo a ficar estupefacta com os exageros. Sinceramente. Sinto que uma pessoa (ou seja, todos nós) já não pode dizer nada ou fazer nada porque tudo soa a insinuação de racismo, machismo, assédio sexual, homofobia ou maus tratos a crianças. Posso estar enganada mas pelo que tenho conhecimento todas essas coisas são crimes condenados por lei em tribunal (pelo menos nos países ocidentais) por isso tenho dificuldade em perceber os exageros. Se alguém comete alguns destes crimes contra ti ou à tua frente, faz uma denúncia e levas as coisas até ao fim para que justiça seja feita. Ponto. Mexe-te. Ou pede...

World Trip Day 65 - Estou muito grata a mim por todas as decisões difíceis que tomei em momentos chave, momentos em que teria sido tão mais fácil, pelo menos naquele instante, virar a cara e fingir que não estava a ver. Estou muito grata a mim pela coragem de enfrentar a verdade das coisas mesmo quando doía, mesmo que tivesse demorado, porque essa coragem me trouxe ao lugar onde me encontro hoje na minha vida. Sinceramente acho que tenho tido muita sorte, muita mesmo, acho que a vida tem sido generosa comigo, mas nem sempre a vida me foi fácil....

Worlp Trip Day 27 - Estou em Bali há 24 dias e é difícil escolher aquilo que se prefere quando se está a viver quase um mês na Ilha dos Deuses. Pessoas lindas e queridas, lugares maravilhosos, paisagens de perder a respiração, arquitetura indescritível, comida deliciosa e depois ainda há o calor e a chuva na combinação perfeita. Não há explicação. Mas por falar em combinação perfeita vou partilhar contigo uma das coisas mais fascinantes que descobri aqui. Em Bali a população é maioritariamente Hindu numa versão mais ligada à terra e à crença de que entidades não humanas (como animais, plantas...

Há mesmo algo de poderoso nas saudades. Se já não experiencias saudades há muito tempo, então recomendo que comeces a procurar senti-las. Saudades das tuas pessoas, saudades dos teus locais preferidos, saudades daquelas comidas, saudades dos teus animais de estimação, saudades do que te faz feliz. O poder das saudades é o que te faz sentir apaixonado pela pessoa que amas e olhá-la, tocá-la, aprecia-lá como se fosse a primeira vez. É o que te faz olhar para as pessoas que sabes te vão deixar em breve com uma atenção especial. Como se quisesses que elas durassem para sempre, como se não...

Quando comecei a trabalhar, o meu pai, desafiador como sempre, disse-me várias vezes: "Joana, quando estiveres numa empresa a trabalhar e começares a sentir que estás mesmo bem nessa empresa e que estás mesmo no sítio certo, essa é a altura ideal para mudares". Confesso que nunca consegui fazer isso Nem nas empresas onde trabalhei, nem nas relações que tive, em nenhuma área de vida na verdade. Normalmente quando decido mudar é porque já estou pelos cabelos e já esgotei qualquer possibilidade de voltar a gostar de estar naquele lugar na minha vida. Levo tudo ao limite, esgoto-me onde estou e chego...

Estive todo o fim de semana num evento de Marketing multinível ou Marketing de rede em Milão para 7000/8000 pessoas. Foi fascinante. Já não é a primeira vez que frequento um evento deste género apesar de não estar ainda inscrita em nenhuma rede. Digo que foi fascinante porque é com certo alívio que estou presente num evento que vive com base nos conceitos de marketing e vendas de forma completamente clara, permitindo-me estar um pouco afastada dos julgamentos e preconceitos da minha indústria acerca destes temas. Na minha indústria utilizar Marketing e vendas é visto como banha da cobra ou falta de...

A Joana Areias é uma coach particularmente inspiradora, que tem desenvolvido um importante trabalho em áreas muito específicas do coaching, como o propósito de vida. Tem uma ótima capacidade de usar as suas próprias vivências para inspirar as suas audiências, usando uma linguagem muito pessoal que apreciamos particularmente aqui na equipa do The Miracle Coach. Podes seguir o trabalho da Joana através do seu site ou do facebook. Se quiseres, podes até enviar-lhe um email! Aproveita também para ler o seu livro, recentemente publicado “Tu Consegues”! TMC: Joana, especializaste-te em abordar a questão do propósito de vida. Afinal de contas, como é...

Acredito que ao longo da nossa vida vamos recebendo convites. Convites para nos elevarmos a um novo patamar da espiral de evolução em que todos vivemos. Acredito que a vida não é uma linha horizontal para chegarmos do ponto A ao ponto B. E no entanto a cada subida de nível de consciência temos aquela voz dentro de nós que nos diz "Cheguei!". Mas essa é uma voz infantil pois novas propostas estão no teu caminho, no meu e no de todas as pessoas. Há alguns meses que ando a experienciar uma nova inquietude, uma nova vontade que, ainda sem...

Nos últimos anos da minha vida tenho vivido coisas maravilhosas e coisas muito desafiantes (como toda a gente :)) e acho que tenho aprendido mais do que nunca. O melhor de tudo é ver como me sinto cada vez mais confiante. Dizem que isto acontece depois dos 30 e a verdade é que estou mesmo a senti-lo :) Mas para além disso descobri uma coisa fantástica e, como todas as coisas fantásticas da vida, é na verdade algo bastante óbvio ...

A coragem emociona-me. Pessoas que correm riscos sérios para defenderem algo em que acreditam. Pessoas que se colocam em situações de insegurança, rejeição, preconceito, tudo por uma causa que acreditam ser maior do que eles. A coragem emociona-me. Somos humanos, e todos, numa altura ou outra metemos o pé na poça e falhamos, erramos com alguém, não correspondemos a algo. Mas aquilo que me questiono é se, na hora H, no momento da verdade, vou ter a coragem de fazer o que está certo. Espero, na minha vida, estar à altura de momentos determinantes e saber defender o que é realmente importante. Por isso,...

Não estou à procura de uma solução, não quero que me salves, não preciso de nenhuma ajuda em particular, nem de uma interpretação brilhante do que se passa, só preciso mesmo que estejas aí, calado e que me oiças. Só preciso mesmo do teu apoio. Poucas são as pessoas com quem partilho assuntos da minha vida pessoal. Contam-se pelos dedos de 1 mão e se calhar sobram dedos. Não estou a falar de partilhar isto ou aquilo que aconteceu num destes dias. Estou a falar de partilhar realmente as minhas reflexões, as minhas dúvidas, inseguranças e vulnerabilizar-me. E isso não acontece...

Hoje terminam as minhas férias. Habitualmente durante este período aproveito para ter tempo para mim e recuperar-me e também para fazer auto coaching, definir os objetivos para a próxima época. Mas nestas férias, pela primeira vez em 6 anos, fiz apenas as duas primeiras. Tive tempo para mim, sim e recuperei-me muito, mas nem sequer pensei em coaching, auto coaching, pizza da vida, objetivos, metas, pequenos passos ou ação...

Sempre considerei os dias temáticos (dia dos namorados, dia do pai, dia da mãe, etc.) uma redundância. Como muitos de nós, achava que o dia temático deveria ser todos os dias… tenho vindo obviamente a aprofundar essa perspetiva. Vou explicar-te porquê… Há uns anos atrás estive num curso para casais sobre sexualidade sagrada com a minha Mestre e amiga Amala Devi e pela primeira vez na vida ouvi alguém partilhar comigo a importância de ritualizar o amor. Literalmente criar rituais em torno da relação a dois e do fazer amor. Aquele tema tocou fundo no meu coração e percebi que finalmente tinha encontrado outros extraterrestres...

O Amor é tão complexo e ardiloso porque é formado por um conjunto intricado de enormes paradoxos. Tens de te amar como és e, ao mesmo tempo, ser um ser humano melhor a cada dia. Tens de desejar coisas maravilhosas e, ao mesmo tempo, seres grato pelo que tens. Tens de deixar fluir e aceitar que cada coisa chega no momento certo e, ao mesmo tempo, ir à procura desse amor que desejas e criar o momento certo hoje e sempre. Existe uma medida perfeita de cada um dos seus componentes para cada pessoa e o segredo é tentar encontrar essa medida, lembrando sempre...

Hoje fui dar uma pequena palestra num evento de uma amiga pelo 5º aniversário do seu negócio. Depois da minha intervenção falou uma jovem adolescente que aos 17 anos lançou o seu primeiro livro. Depois da sua apresentação emocionada, que aplaudimos com entusiasmo e admiração, a jovem autora dirigiu-se a mim com uma pergunta, o que me permitiu testemunhar ainda mais o seu caráter proativo. "Joana, adoro artes e adoro letras e agora que tenho de escolher uma licenciatura não sei o que fazer. Eu não sei se no futuro vou querer dedicar-me a escrever ou se vou querer dedicar-me às artes....

Passei muito tempo a tentar deixar de acreditar em contos de fadas. Nos primeiros anos da nossa vida são nos contadas histórias de encantar e depois a vida encarrega-se de nos ensinar que não existem tais coisas como posinhos de prelimpimpim, príncipes encantados ou fadas madrinhas. Assim foi comigo, contigo e com todas as pessoas da nossa vida. Desilusão após desilusão precisamos de nos treinar para perceber o mundo de uma forma inteiramente diferente daquilo em que em tempos acreditámos. Precisamos de nos treinar para ficar mais céticos, mais cínicos, mais duros. "Só assim conseguirei sobreviver" pensamos quando estamos no chão, lavados...

Há umas semanas quando regressava do Porto, depois do lançamento do meu livro na cidade Invicta, parei numa bomba de gasolina e a pessoa que me acompanhava perguntou-me: "Se agora, neste momento, visses a Joana de há 5 anos atrás sentada no lugar do condutor do seu velhinho renault clio, mesmo aqui ao lado na bomba nº3 e tivesses a coragem de ir lá, bater no vidro e dizer-lhe apenas uma frase que a pudesse ajudar ou simplesmente pôr a pensar, o que é que lhe dirias?" A resposta não foi obvia para mim, tive de pensar um pouco, mas a frase...

Estava por aqui com os meus pensamentos e percebi como estou viciada em sonhos, em palpitações entusiasmadas de um coração cheio de paixão e desejos escondidos. Não sei viver de outra maneira já. Dei por mim hoje a pensar em como preciso de me sentir viva para me sentir viva. Engraçado isto não é? :) Já não sei viver sem paixão, sem insigth, sem momentos "UAU" ou momentos "UFA". Os primeiros deixam-me de olhos esbugalhados e boca aberta, os segundos trazem alívio. Sabes quando tens uma experiência que parece que viajaste para fora do teu corpo, ou quando surpreendentemente disseste a coisa certa...

Estava aqui à espera de uma cliente que está um pouco atrasada para a sessão e lembrei-me que faz hoje precisamente 5 anos que a minha vida profissional mudou para sempre. Aliás, dizer que a minha vida profissional mudou neste dia, há meia década atras, é bastante redutor porque com essa mudança vieram muitas outras e que me tornaram na mulher que sou hoje e me proporcionaram a vida de sonho que tenho. Apenas 5 anos depois de uma pequena decisão de me inscrever num curso, concretizo diariamente coisas incríveis. Trabalho para mim numa coisa que adoro fazer, ganho 6 vezes mais dinheiro...

Estou em Roma pela segunda vez e depois de uma visita guiada ao Museu do Vaticano não pude deixar de admirar algo, na minha opinião invejável, na mentalidade do século XVI. No meio da barbárie e loucura que tão bem conhecemos, esta civilização muito admirava e incentivava os seus Artistas, os seus Pensadores, os seus Filósofos, os seus Poetas, os seus Matemáticos, os seus Astrónomos, entre outros...

Dentro de mim há dois mundos, dois universos, dois espaços etéreos e perfeitos. Dentro de mim há cores e luzes e árvores de natal com estrelas brilhantes e há também salas escuras, sombrias, vazias, empoeiradas. Dentro de mim há planetas cheios de vida, galáxias de estrelas e cometas e há buracos negros, profundos, infinitos. Dentro de mim há cidades cheias a transbordar de ruídos e suspiros e pressas tantas pressas. Dentro de mim há florestas misteriosas e húmidas onde nunca ninguém entrou, nem falou, nem cantou. Dentro de mim há oceanos, cascatas, rios e lagoas azuis e verdes como o céu, onde queremos mergulhar...

Há, na minha opinião, um equívoco no discurso do mundo do desenvolvimento pessoal, pelo menos daquilo que estou habituada a ouvir dos meus mestres, dos meus colegas e de mim mesma, até há pouco tempo. Durante muito tempo pensei, li e ouvi que há momentos que mudam a nossa vida. Momentos em que tomamos uma decisão que muda tudo. Momentos em que vivemos uma experiência que altera a nossa vida, para sempre, a partir desse momento. Mas aquilo que me tenho apercebido nos últimos anos é que qualquer mudança na nossa vida ou dentro de nós exige uma grande coragem. Vejo-o todos...

Hoje cheguei ao escritório pouco antes das 13h e estacionei entre dois carros num lugar bem apertadinho. Quando saí depois das sessões, às 21h, tinha o limpa para-brisas levantado e um bilhetinho a dizer "aprenda a estacionar”. Realmente quando olhei para o meu carro ele estava estacionado de maneira que parecia que estava a ocupar dois lugares. Pelos vistos ao longo da tarde, com carros a entrar e a sair, os outros condutores estacionaram de forma a que o meu carro, ali parado há 8h, parecia ter sido negligentemente abandonado a ocupar duas vagas :) Dei por mim no caminho até casa...

Comecei a escrever o meu livro esta semana e tem sido uma experiência incrível de muito prazer e real conexão com tudo o que sou e acredito. Mas, para além disso, estou a deparar-me com uma grande sensação de humildade e até friozinho na barriga em relação a alguns temas que estou a abordar no livro. São conceitos maravilhosos e imprescindíveis para a mensagem que quero passar, mas assim que começo a escrever sobre eles apercebo-me da sua grandiosidade e sinto-me pequenina, pequenina, pequenina...

Quando explico aos meus clientes o que significa Peer Group falo de várias coisas: Digo que é alguém que te apoia quando cais e que te desafia para ires mais longe. É alguém que te dá o ombro para chorares e que usa esse mesmo ombro para te empurrar e te incentivar a chegar mais longe. Mas uma das coisas que lhes digo é que alguém que é teu Peer Group quer que tu cresças e, quando tu cresces, ele quer que tu voes, mesmo que isso signifique que ele pode ficar para trás nesse processo. Hoje dei por mim a pensar na importância...

Já reparaste que quando tu fazes uma mudança qualquer na tua vida ou tomas uma decisão fora da caixa que sentes dentro de ti que é o que está certo para a tua essência, de repente, tens pessoas alarmadas a fazerem tudo por tudo para te convencer de que estás errado? O maior medo dessas pessoas não é o de que te espalhes ao comprido, é o de que acertes em cheio e lhes mostres o que elas estão a perder. Não o fazem porque são más pessoas ou porque não te amam, fazem-no simplesmente porque não estão conscientes do seu medo...

Há umas semanas fui tomar café com um antigo colega com quem não falava há cerca de 3 anos. Ele olhou para mim e com um ar desconfiado disse "Então conta lá como é essa vida de Coach. Vocês estão sempre tão felizes, tão bem. É mesmo assim?" Expliquei-lhe aquilo que já estou farta de partilhar contigo. Disse-lhe que não estou sempre bem, não estou sempre feliz. Tenho os meus dias. Há dias em que fico triste e choro e tenho pena de mim própria (apesar de ser difícil de imaginar, como me disse hoje um dos meus clientes). Por isso,...

Estes dias deparei-me com uma questão que me parece super importante acerca das oportunidades que surgem na nossa vida. Só neste fim de semana percebi que estavam a acontecer vários eventos gratuitos ou a muito muito muito baixo preço nos quais pessoas brilhantes faziam apresentações sobre as suas áreas de especialidade. Atenção, não estou a falar de pessoas quaisquer, estou a falar de ESPECIALISTAS, pessoas com décadas de experiência nas suas áreas de conhecimento e que decidiram OFERECER o seu tempo gratuitamente para partilhar o seu conhecimento e, quem sabe, influenciar positivamente o mundo nem que seja só mais um bocadinho. E...

Costuma dizer-se que, se um objetivo não te assusta, não te causa aquele friozinho na barriga, então não é um objetivo suficientemente grande para ti. Já ouviste esta frase alguma vez? Tenho a certeza que sim :) Nos últimos meses dei várias palestras e recebi, na minha sessão, várias novas pessoas e apercebi-me de um fenómeno super interessante. Decidi chamar-lhe o fenómeno de Invalidação. O que é isto da Invalidação? Na maior parte das vezes nos meus processos de Life Purpose Coaching, ajudar as pessoas a descobrir o seu Propósito de Vida é um processo relativamente simples e cada vez mais rápido. Tenho...

É difícil dizer qual foi “O” click. Acredito mais que a nossa vida é feita de pequenos clicks que vão acontecendo nos momentos chave e que devemos saber aproveitá-los. Hoje, depois de muitos clicks e a muitos clicks do final (espero eu J) sinto que estou na melhor fase de sempre da minha vida. E esse facto prende-se com a simples questão de que, nunca, jamais, em outro momento da minha vida estive tão bem comigo como agora. Este é momento em que mais gosto de mim, mais me cuido, mais me amo. Parece um cliché, mas acredito cada vez mais...

Descobrir como viver a vida com o seu Propósito de Vida, nem sempre é uma tarefa fácil. Este processo exige um trabalho de profunda introspeção e autoanálise para que consiga definir exatamente o significado que quer dar à sua vida, a forma como quer manifestar esse significado na prática e finalmente o ambiente e condições em que quer estar envolvido para o fazer. Este processo implica alguma dedicação e, muitas vezes o apoio de alguém especializado que saiba exatamente o que fazer para o ajudar neste percurso. No entanto, e só para complicar um processo que já por si é complexo, entram em...

Com as muitas dezenas de pessoas com quem já trabalhei na área da descoberta do propósito de vida e da criação do trabalho de sonho, existe uma frase que se encontra presente em muitos desses encontros e sessões de coaching. “Eu nunca fui daquelas pessoas que desde sempre souberam o que queriam ser quando fossem grandes. Sempre admirei essas pessoas e tenho pena de não poder ser assim.” Sempre que oiço esta frase lembro-me de quando eu a dizia a mim mesma e de como ela me trazia uma certa sensação de impotência inevitável. Esta frase insinuava que eu não tinha sido...

Imagine uma banda desenhada ou um filme de ficção científica em que a personagem principal é um super-herói. Agora veja as cenas de ação, em que os vilões começam a atacar os cidadãos indefesos e inocentes, com o objetivo de dominarem o mundo. Ouvem-se grandes explosões e o barulho das pessoas a gritarem em socorro o nome do super-herói. Agora imagine que o herói, com todo o seu potencial e superpoderes, não vai ajudar a população sobre ataque, tudo porque não faz a mais pequena ideia de que tem essas capacidades. Seria no mínimo um desperdício e bastante aborrecido para...

Paixão é energia de manhã à noite. É alegria de rir à gargalhada até doer a barriga e as bochechas. É fazer o inesperado e surpreender. É calor e frio alternadamente. É calor porque queima e faz suar e é frio porque arrepia de dentro para fora. Paixão é provar uma comida nova sentada no chão, comendo com as mãos e lambendo os dedos no final. Paixão é ter novas experiências todos os dias e conhecer sempre algo novo. Paixão é cantar aos berros no carro mesmo a desafinar e é fazer da sala de estar a melhor discoteca da cidade e...

Quando olho para alguém, olho para um enorme aglomerado de infinitas possibilidades. O universo criou-nos como seres fabulosos e cheios de potencial. Cada um de nós representa um sem número de oportunidades e potencialidades que quando utilizadas e aproveitadas no momento certo podem revelar-se de formas magníficas, inimagináveis e às vezes um pouco loucas.   A coisa mais triste que existe é olhar para alguém com essa mesma sensação de infinititude e perceber que, por algum motivo, essa pessoa se condiciona a viver todo esse potencial maravilhoso. Nada me entristece mais do que me deparar com alguém que poderia viver tudo o que...

Bem-estar é designado pela psicologia como a parte subjetiva da saúde mental e é dividido em duas componentes: a componente cognitiva, que analisa os níveis de satisfação pessoal com a vida; e a componente afetiva, comummente designada como felicidade. Esta definição descreve a possibilidade de qualquer pessoa pensar ou saber que está bem, mas, no entanto, não se sentir necessariamente bem. Conhece alguém que já tenha experimentado esta sensação? Talvez alguém que conheça pessoalmente? Talvez você próprio? Eu sei que tive esta experiência na minha vida algumas vezes. A sensação incompreensível de que não estava bem, apesar de tudo na minha vida...

Existem muitas áreas de vida em que fomos ensinados que a nossa felicidade não depende de nós e não é da nossa responsabilidade. Temos um trabalho que não nos faz feliz e culpamos o nosso chefe ou os nossos colegas. “Se eles não fizessem X ou Y, eu seria feliz”. Estamos num relacionamento que não nos realiza e culpamos a pessoa com quem casámos ou namoramos. “Se ao menos ele mudasse, eu seria feliz”. Não temos dinheiro para fazer algo que gostaríamos e culpamos a nossa origem ou o governo. “Se eu tivesse nascido noutro país, ou se viesse de uma...

“O que preferias ser … Feliz e Pobrezinha OU Infeliz e Abastada?”.   Quando me fazem esta pergunta respondo sempre que preferia ser Feliz E Abastada. Normalmente a pessoa fica a olhar para mim com uma cara de admiração como se para ela fosse uma surpresa o facto de existir outra possibilidade. Na área do desenvolvimento pessoal vejo muitas pessoas a escolherem o seu lado espiritual em detrimento da sua estabilidade financeira, como se para viver como um ser espiritual fosse obrigatório viver com dificuldades. Quando me dizem “O dinheiro para mim não é importante” a minha pergunta seguinte é “Estás com dificuldades...

Já lá diz o ditado “Diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és”. É difícil de negar a influência que a energia dos grupos tem sobre os indivíduos. O tipo de energia do grupo pode e certamente irá ter um impacto significativo nos elementos individuais que o constituem e isso pode ser tão possibilitador como limitador. Hoje venho apresentar o conceito de Peer Group. Já alguma vez ouviu falar? O que é um Peer Group? O Peer Group, tal como o nome indica é o seu grupo de pares. Apesar desta denominação estar muitas vezes associada a pessoas do nosso âmbito profissional, o...

Querida amiga, Autosabotagem: Há muito tempo que não te via, há mais de um ano para ser precisa. Devo confessar que pensava que te tinhas ido embora definitivamente e que nunca mais teria o "prazer" da tua companhia. No último ano, aprendi a viver sem ti. Não foi fácil, é verdade. Aconteceram muitas coisas na minha vida pessoal e profissional, mais do que seria possível partilhar contigo nesta carta. Foram meses desafiantes, não vou mentir. Dei muito de mim e abdiquei de muitas coisas para colocar em prática todos os meus planos. Mas, hoje posso dizer-te que estou super Feliz. Nas últimas semanas, tornei...

Quero ser eu hoje, quero ser eu do princípio ao fim. Quero ser quem sou porque não faz mal. Quero ser eu porque ser eu é bonito, feio e bonito por ser feio. Quem sou eu? Quero ser eu hoje. Como posso querer ser algo que não sei o que é? A fronteira que separa o meu eu do eu dos outros desapareceu e, de repente, já não sei quem sou. Já não sei quem de mim me pertence ou me foi oferecido por outras pessoas. Preciso de estar só comigo. Não sei onde estou, onde começo e onde acabo. Não sei quais são as minhas formas e extremidades. Não...

Houve um dia em que decidi que ia ser Feliz. Comecei por me questionar acerca do que isso significava exatamente para mim. Percebi que a minha felicidade depende exclusivamente de mim, das decisões que tomo na minha vida e da maneira como essas decisões estão de acordo com aquilo que são os meus valores. É obvio que acontecem coisas más na vida de todas as pessoas e que isso nos pode abalar, mas a verdade é que para pessoas diferentes, a mesma situação pode ter interpretações totalmente opostas. Por esse motivo, acredito que não são as situações de vida que influenciam a nossa...

Uma das coisas que mais me caracteriza é o meu sentido prático. Sou daquelas pessoas que não gosta de enrolar e não tem tempo a perder. Aliás, esta minha característica, apesar de acreditar que me trouxe até onde estou hoje, é por vezes algo difícil de gerir, visto que se apresenta nos mais variados contextos da minha vida. Detesto esperar pelo elevador, normalmente saio de casa, carrego logo no botão do elevador e, enquanto ele não chega, vou trancando a porta de casa e procurando as chaves do carro. Nunca na vida me passaria pela cabeça sair de casa, trancar a...

Quando somos questionados a nomear as pessoas que conhecemos e consideramos autoconfiantes não é invulgar escolhermos pessoas que identificamos como destemidas e audazes, aquelas pessoas que sabemos serem as primeiras a dar o murro na mesa quando são confrontadas com realidades que vão contra a sua própria essência. Autoconfiança é, normalmente, associada aos Mourinhos da nossa vida, às pessoas que têm o atrevimento de serem quem são, independentemente do julgamento dos outros e, por isso, muitas vezes acusadas de arrogantes e em relação às quais aproveito para manifestar a minha profunda admiração. Mas este artigo é sobre outro tipo de pessoas, sobre outro...