Quando coloco tudo em causa …

Quando coloco tudo em causa …

World Trip Day 72 – Por vezes mesmo sabendo que estou no caminho certo, no caminho de dar o melhor de mim para que o outro à minha frente viva uma vida mais plena, mais completa, mais livre, mais coerente, esqueco-me ou questiono-me se valerá realmente a pena, se realmente tudo o que faço tem verdadeiro significado. Muitas vezes duvido de mim mesma, do que ando para aqui a fazer na vida. “Para quê?” Questiono-me.

Eu sei que aos teus olhos pareço super confiante e os teus olhos não te enganam. Sou mesmo uma pessoa confiante. Gosto de mim e da minha vida, acredito em mim, acho que sou bem fixe mas muitos são os dias em que ponho tudo em causa. A mim, aos outros, à vida, ao sentido de tudo. Sabes do que estou a falar? Nesses dias, ou nessas fases, é inevitável … recebo sempre uma mensagem de alguém a dizer “Obrigada”.

As pessoas são tão generosas comigo. Questiono-me se elas sabem como me salvam diariamente. Questiono-me se elas sabem como a sua felicidade ou pelo menos a sua luta por ela, me inspira e me resgata de mim mesma, das minhas dúvidas. As pessoas com quem trabalho são tão corajosas, mesmo aquelas com quem só estive uma vez na vida, numa única sessão. A sua coragem emociona-me.

Não tenho por hábito divulgar as mensagens de gratidão que recebo porque gosto de preservar a privacidade das pessoas que a manifestam. Mas hoje, depois de receber uma dessas mensagens, senti a necessidade de manifestar a minha própria gratidão a todas as pessoas que todos os dias me lembram de que, mesmo que tudo isto seja uma passagem, mesmo que o nosso impacto sobre o mundo seja irrelevante na grande ordem das coisas, para aquela pessoa hoje fez toda a diferença. E para já isso basta-me.

Para já basta-me estar ao lado das pessoas enquanto elas se salvam a si próprias lembrando-as de que são livres quando se esquecem. Por enquanto basta-me servir de grilo falante embaixador da importância do amor por si mesmas. Basta-me ser uma brisa suave que sussurra aos seus ouvidos consistentemente “A vida é tua, portanto faz o que te apetece”.

Por isso, quero agradecer-te a ti que um dia de manhã acordaste e achaste que precisavas de dizer-me como aquela pequena conversa ou aquele pequeno texto foi uma das peças importantes do teu processo de crescimento para seres cada vez mais igual a ti mesmo. Espero que saibas que é por ti que o faço. Porque dentro de ti há um universo inteiro e quando uma gota do meu amor chega até ti, sinto que salvei o mundo todo.

Jo ♥

 

Photo tirada em Sydney, Australia